Curiosidades Generalidades História Sociedade Márcio Rubens

STEFAN VOICU, ENTRE A TRADIÇÃO E A MODERNIDADE

Neste artigo ou autor faz um apanhado da vida e ideias de Stefan Voicu, um romeno que resolveu deixar a vida tradicional da contemporaneidade para conhecer o Mundo, andando...

STEFAN VOICU, ENTRE A TRADIÇÃO E A MODERNIDADE

Stefan Voicu, um romeno que há nove anos deixou a vida tradicional de trabalhar, 12h, 18h, 24h por dia e simplesmente resolveu deixar aquela vida de lado e sair para conhecer o mundo, andando, porque “nascer, as pessoas nascem e morrem e não vão levar dinheiro, casa, objetos, apenas irão levar o que conheceram, o que viveram. Além disso, sair para conhecer um mundo que não entendo como e porque as pessoas colocam em nossa mente a ideia de território, de fronteira, porque todos somos deste planeta. Não entendo como pode as pessoas definirem umas as outras dentro de preceitos de preconceitos em que a cor mesmo sendo diferente, nos coloca na mesma situação de outros grupos de pessoas de cor diferente, pois nascemos e vivemos no mesmo planeta, que possuímos o grupo sanguíneo mesmo vivendo em continentes diferentes, mesmo vivendo em países diferentes, mesmo que em cidades diferentes”.

Stefan trabalhou com pintura em hotel em Nova Zelândia, ornamentação como em Macará no Equador, design no Cazaquistão, produção de vídeos de propaganda na Croácia, Ilustrações para um livro em Singapura, Propaganda no Quênia, oficina de vídeo em Burquina Faso, ajudou a construir escola na África, foi Bombeiro voluntário no Chile durante um grande incêndio no início deste ano em Maule, fora isso, como forma de conseguir dinheiro para a viagem ele produz e vende colares feitos de madre pérola, pedras semi preciosas, com estilo sofisticado e personalidade, além dessas atividades tem atuado em diversos outros projetos de forma voluntária.

Diante disso tudo, Stefan não se caracteriza como Hippie, apenas como um andarilho que vê e percebe as coisas diante de perspectiva diferente do modelo de sociedade convencional, acredita que a forma mais necessária e interessante de viver é aquela que busca harmonia com o meio ambiente e com as coisas espirituais, diz que nós os humanos somos muito influenciados pela mídia e o Brasil é um país que produz muito drama, no caso novelas, e que são vendidas para o mundo todo, mas, devido a essa produção e veiculação pela TV, as pessoas se sentindo naturalmente tão influenciadas que percebem a sua própria vida como um Drama e um problema, uma dificuldade que as pessoas vivem, vivem como um drama permanente em suas vidas. Para ele os momentos difíceis ou problemas, são apenas momentos, pois não são eternos, mas que devem ser encarados como situações de aprendizado, onde devemos aprender e principalmente pensar de forma positiva que assim nos fortalecemos e evitaremos novas situações difíceis.

Por outro lado, acredita que as sociedades antigas mantinham relações mais benéficas ao indivíduo, pois o uso dos recursos naturais destruíam muito menos o meio ambiente devido à técnica empregada, diferentemente da indústria atual que além de destruir áreas enormes, as etapas de produção contribuem muito mais para degradar o meio ambiente e a sociedade, o que prejudica a todos…

Olha que considerando todo o exposto, tem que estar realmente com a mentalidade desenvolvida ou pelo menos bastante preparada para fazer todo o percurso que Stefan já fez, observe o mapa e tenha uma ideia de tudo o que ele já andou durante 9 anos. Veja mais imagens abaixo.

Por Márcio Rubens

Ajude a manter este Blog, faça sua doação





Sobre o autor | Website

Márcio Rubens é Licenciado Pleno e Bacharel em História pela UFPA

Cadastre-se!

Receba atualizações do site

e Ganhe livros, é Grátis!

100% livre de spam.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Obrigado por seu comentário

Seja o primeiro a comentar!