DAVID ASSAYAG E MARCOS CLEY GRAVAM MÚSICAS PARA MASCARADO FOBÓ E BLOCO UNIDOS DO MORRO

Este artigo elucida a parceria entre David Assayad, Marcos Cley e o Bloco Unidos do Morro e disponibiliza duas músicas na voz da dupla, veja...

CRIE SEU BLOG OU SITE

“Nasceu, o horizonte do Morro, nasceu… rio de cores e o sol que clareia é o Mascarado Fobó…”

É ele(a) que ilumina o Carnapauxis, é ele(a) que todos devem reverenciar como o primeiro brincante, o personagem alegre, brincalhão, cheio de graça, que diverte e se diverte e tem como aspecto fundamental o brincar, mesmo que seja diante do olhar da sociedade que para não ser reconhecido(a), ele(a) usa “dominó” de chitão, a máscara de papelão, o polvilho ou pó branco, o capacete com fitas coloridas em formato de cone, uma bexiga de boi seca cheia de ar só para intimidar, um rifirí e até luvas para manter as mãos escondidas, afinal, na festa que era do povo não ficava bem aos membros da “família tradicional”, independente do status social, estarem “misturados” ao povão que se divertia.

O Mascarado Fobó é o dono da festa, é em volta dele que os brincantes fazem o Carnapauxis. É o mascarado que aglutina, que faz unir, porque é graça, é cor, é alegria que fazia com que um Miguel incorporasse personagens diversos, que além de tocar o banjo, tinha um motivo a mais para participar da festa, com simplicidade, irreverência e muita criatividade.

É nesse contexto que surgiu a Música “Quem Será” de autoria de Raimundo Góis (Bacana), tema do Bloco Unidos do Morro no Carnapauxis 2018 e segundo o autor tudo se deu assim:

“Um dia quando tudo era lindo em sua simplicidade, quando o carnaval do Morro era um batuque de banjo e saxofone, um furdunço já acontecia na Rua Tiradentes.

Naquele tempo, Miguel Venâncio já impressionava a todos com suas fantasias e diversidade.

Em um desses batuques de pré-carnaval, quando todos dançavam, quando todos se divertiam, eis que surge um personagem, era um Mascarado, sua máscara era de papel, vestido com um manto florido, na cabeça um capacete com fitas compridas e coloridas, na mão soava uma bexiga, e todos se perguntavam: Quem será esse Mascarado?

Muitos diziam que era o Miguel, sim é o Miguel! Porém o Miguel era aquele que tocava o banjo da festa, era um talentoso tocador e nesse dia emprestava seu talento para animar a dita festa.

O mascarado brincava como ninguém havia brincado, dançava como ninguém havia dançado e discretamente o tal personagem sumiu sem ninguém descobrir quem era, daquele dia em diante o povo do Morro começou a sair de Fobó, pois assim batizaram esse Mascarado nas ruas do bairro e desde esse dia o Morro é a própria Folia.”

A música “Quem Será” é uma regravação nas vozes de Marcos Cley (Puxador do Bloco Unidos do Morro) e David Assayag (Puxador do Caprichoso), Autor Raimundo Góis (Bacana), arranjo Edinho (de Óbidos) e Reina Cardoso (de Manaus) com a base da Banda Brisa Show.

A Música “Horizonte do Morro” é uma regravação a pedido de David Assayag, Autor Raimundo Góis (Bacana) com a base da Banda Brisa Show. Imagens abaixo.

Ouça as Músicas:

[wpdm_package id=’3151′]

[wpdm_package id=’3158′]

Por Márcio Rubens

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Obrigado por seu comentário

1 Comentário

  1. Silvia SouSa disse:

    Muito legal!Horizonte do Morro Show.